A morte do cozinheiroAutor: Allan Pitz
ISBN: 9788563080059
Editora: Abouve Publicações
Páginas: 80

Sinopse
É verdade, eu matei o cozinheiro. Em momento algum deste livro negarei que matei o sórdido cozinheiro com minhas próprias mãos de escrever versos. Havia motivo claro em saciar-se com a sua morte, morte de quem por carne e gozo objetou-se ao incomensurável amor que me tornava tão puro. Eu estripei-o com suas facas imundas de trabalho banal, e escalpelei por mimo infantil, de criança brincalhona, ao ver os índios e escalpes na TV. Matei o demônio com noventa facadas, cultivando um novo demônio sanguinário em mim, portanto não negarei ter feito a coisa mais maravilhosa que eu poderia fazer por minha inconsequência gloriosa naquele momento: Eu matei o cozinheiro.

Opinião
A história do livro gira em torno de 3 personagens: Luiz, Carmem e Lucas.
Luiz se separou de Carmem, mas ainda a amava e sabia que ela era a mulher de sua vida. Ele tentava reatar o relacionamento mas ela já estava com outra pessoa, o cozinheiro Lucas.
Como se já não fosse o bastante o ego destruído, o cíume e o ódio que sentia de Lucas, Luiz descobriu que o cozinheiro estava tramando um plano perverso contra a vida de Carmem. E o que resta a fazer? Claro, matar o cozinheiro para salvar a mulher amada.

A Morte do Cozinheiro é uma viagem a mente perturbada de uma pessoa completamente obcecada por outra.
O jeito que Luiz começa o livro, com essas palavras que vemos na sinopse, mostra um assassino frio e calculista contando, com muito orgulho, sua maravilhosa obra.
A princípio julgamos um absurdo os atos dele, porém no decorrer do livro vemos que Luiz tinha motivos o suficiente para matar o cozinheiro. Vemos que não foi puramente por cíumes e sim para salvar a vida de sua querida Carmem.
O livro é escrito em 1ª pessoa o que faz parecer uma autobiografia real, dando uma intensidade incrível aos sentimentos expostos. Adorei o jeito que o Allan Pitz o escreveu. Quando comecei a ler não consegui parar e, como ele tem apenas 80 páginas, terminei em um dia.

Allan Pitz está de parabéns. Nossos autores estão me impressionando cada dia mais!

Nota 6

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 Comments on Resenha – A Morte do Cozinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não é um robo? Prove! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.