Cem Toques Cravados
Autor: Edson Rossatto
Editora: Andross
ISBN: 9788599267479
Páginas: 128
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Há poucos meses, Edson Rossatto impôs a si mesmo o desafio de escrever nanocontos com 100 caracteres. Não se trata de textos com até 100 caracteres e sim com exatos 100 caracteres. Parece um detalhe, mas o fato é que tal precisão acrescenta um ingrediente de dificuldade ao desafio.

A ideia dos nanocontos nasceu de uma frustração de Rossatto, a de não saber desenhar. Roteirista de livros em quadrinhos, o escritor vinha observando, não sem uma certa angústia, como seus colegas desenhistas transmitem mensagens instantâneas no curto espaço de uma tira de jornal.
Os nanocontos, portanto, nada mais são do que “tiras literárias”. Em Cem Toques Cravados, Rossatto reuniu exatos 100 nanocontos, a maior parte deles inédita. O leitor vai perceber que os nanocontos flertam com outro gênero, a crônica. Eles são a materialização literária das numerosas cenas que se apresentam diante dos olhos diariamente. Se a crônica é um retrato do cotidiano, o nanoconto é sua foto 3 x 4.

Opinião
Não tenho o costume de ler contos (muito menos nanocontos), talvez por isso eu não estava esperando muito desse livro mas confesso que ele me deixou bem impressionada!
O autor consegue escrever uma situação inteira com exatos 100 caracteres e como são situações do cotidiano é impossível não se identificar com pelo menos uma delas.

Me diverti muito lendo Cem Toques Cravados. Em vários contos acontecia de eu ler a primeira frase e imaginar uma situação e quando terminava via que era algo totalmente diferente, me deixando surpresa e com um sorriso no rosto.

É um livro rápido e fácil que brinca com nossos pensamentos. Gostei muito.

Nota 6

Lançamento do livro
Data: 04/11/2010, das 18h30min às 21h30min Local: Livraria Martins Fontes – Av. Paulista, 509 – São Paulo – SP – (próximo à estação Brigadeiro do Metrô) – Informações Tel. (11) 2167-9900

Para comprar o livro vá no site da Livraria Cultura http://t.co/DXyHCii
E para quem quiser olhar alguns nanocontos do Edson Rossato entre no site do Cem Toques Cravados

Blogueira, booktuber e desenvolvedora de sistemas . Apaixonada por livros, séries, chocolate e coisinhas fofas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

31 comments on “Resenha – Cem Toques Cravados”

  1. Ow, eu quase fui atropelada por uma ambulancia uma vez. Eu morava no interior e o pronto socorro era pertinho da minha casa. Então a única coisa boa que teria acontecido se a ambulancia tivesse mesmo me atropelado é que eu iria ganhar uma carona para casa e atendimento imediato – literalmente! haha

    SObre a coisa do obstetra, bem o médico disse à minha mãe que eu e minha irmã eramos meninos o_O` a sorte é que o enxoval que ela comprou era todo branco. haha E o PIOR é que quando a minha mãe engravidou do meu irmão o médico disse à ela que ele era uma menina. Mas aí minha mãe já estava vacinada e esperou ele nascer para ver – e comprovar que na verdade era um menino. Cara louco. Talvez ele pensasse que homens são mulheres e mulheres são homens…

    Se eu fosse de Sampa eu iria ao lancamento =D
    Beijos.

  2. Oi Vanessa
    achei interessante esse livro, uma proposta ousada da parte do autor sem dúvida. Acho frustante escrever algo com limite de linhas, imagina com limite de caracteres. Só por isso acho que já vale dar uma conferida nesse livro.

    beijo Vanessa =D

    Luiz Siva
    blogueiroleitor.blogspot.com

  3. Uau!

    Como o Luiz Silva comentou, já tenho sérias dificuldades em acertar o número de linhas. Imagine só um exato número de caracteres =o

    Deve realmente ser muito interessante o livro *-*

  4. Eu também não lembro de ter lidos contos, de escritores brasileiros pelo menos.
    Eu gostei muito dessa idéia de limitar os caracteres ao se escrever, de que com poucas palavras passar o que você quer dizer. E isso não é nada fácil.
    Tenho muita vontade de ler esse livro.

    Bye

  5. Bem interessante os nanocontos. Recentemente participei de um minicurso “o gênero textual: crônica” no qual a professora tentou diferenciar o tema entre jornalismo e literatura.
    Estou participando da mesma promo em outro blog, mas não tinha lido ainda nenhuma resenha do livro 😛

  6. Há vários site, de vários livros, com várias resenhas… Esse livro foi o primeiro em que lí a resenha e pensei: “Será que minha vida pode ser contada em 100 caracteres? Será que eu consigo me descrever em 100 caracteres? Será que 100 caracteres são suficientes para dizer tudo que eu quero?”
    Foi um dos livros que mais me intrigou, e acabei ficando ansioso por ele. Caso não ganhe aqui, vou tentar comprá-lo de alguma forma.

    “A boa escrita faz a verdade aparecer”
    Maomé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não é um robo? Prove! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.