A Lenda de Ruff Ghanor – O Garoto-Cabra
Autor: Leonel Caldela
Editora: Nerd Books
Páginas: 320
Amazon

Sinopse
Nos confins de uma terra inclemente, assolada por monstros e governada pelo terrível dragão Zamir, ergue-se o mosteiro de São Arnaldo. Os clérigos tentam viver em paz, sob o jugo do tirano, quando encontram um estranho garoto. Uma criança selvagem, dotada de poderes misteriosos, que luta como um adulto. Seu nome é como um rugido: Ruff Ghanor.

Descendente de uma linhagem esquecida de reis, Ruff Ghanor pode ser o escolhido para combater o dragão. Vivendo no mosteiro isolado, ele cresce sob o peso de seu destino, cercado pelos amigos e amores de sua infância. Capaz de causar terremotos com as mãos e treinado desde cedo pelo rigoroso prior, Ruff tem um futuro de glória e sangue a sua frente.

Esta é a história de um jovem com um dever monumental, imposto por homens e deuses. Uma vida repleta de fúria e paixão, medo e fé. O início da jornada de um herói e de um rei.

Opinião
Ruff Ghanor surgiu na trilogia de Nerdcast sobre RPG. Essa trilogia se passa no reino de Ghanor porém esse personagem já estava morto e não fazia parte ativamente da história.
Decidindo se aprofundar mais nesse reino, os criadores do Nerdcast, Deive Pazos (Azaghal) e Alexandre Ottoni (Jovem Nerd) chamaram o escritor Leonel Caldela para dar vida a Ruff Ghanor.

Leonel é um escritor acostumado a criar romances a partir de mundos de RPG. Tenho livros dele na fila de leitura mas nunca tinha lido nada. A Lenda de Ruff Ghanor – O Garoto Cabra foi o primeiro e eu gostei muito.

Leonel conta a primeira parte da vida de Ruff que foi encontrado por dois clérigos em um local extremamente perigoso e foi levado ao mosteiro de São Arnaldo, onde cresceu junto com os clérigos e, vendo o potencial e a linhagem de Ghanor, o prior do mosteiro o treinou para ser um ótimo guerreiro e um operador de milagres.
Ghanor foi criado com um objetivo de vida: destruir o grande dragão Zamir, um tirano que possui um extenso exército de hobgoblins selvagens que destruíam vilas por onde passavam, abusavam de mulheres e faziam seus homens de escravos. Ghanor seria o salvador desses pobres moradores, ele estava destinado a isso e com a graça de São Arnaldo, ele acreditava conseguir desafiar o dragão.

Esse livro é o primeiro de uma trilogia e isso me preocupa um pouco. Ele tem uma história muito boa, a leitura é rápida pois quando começa a ler não da vontade de parar porém, seu conteúdo é muito denso. Você acha que leu horrores mas passou apenas algumas páginas e é exatamente isso que me preocupa.
Nesse livro o autor descreve praticamente a vida inteira de Ghanor até seus 20 e poucos anos. O final dele é incrivelmente surpreendente e imagino facilmente o fechamento dessa história no próximo livro. Meu medo é que o segundo livro seja apenas um “enche linguiça” para finalmente finalizar a história no terceiro livro.

Espero estar errada e que Leonel Caldela continue fazendo esse ótimo trabalho e, claro, que não demore muito! Muito ansiosa para continuar descobrindo a vida do Garoto-Cabra, e sim, tem uma explicação para esse nome esquisito 😀

Nota 8

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não é um robo? Prove! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.