Quando Tudo Volta
Título Original: Where Things Come Back,
Autor: John Corey Whaley
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Uma morte por overdose. Um fanático estudioso da Bíblia. Um pássaro lendário. Pesadelos com zumbis. Coisas tão diferentes podem habitar a vida de uma única pessoa? Cullen Witter leva uma vida sem graça. Trabalha em uma lanchonete, tenta compreender as garotas e não é lá muito sociável. Seu irmão, Gabriel, de 15 anos, costuma ser o centro das atenções por onde passa. Mas Cullen não tem ciúmes dele. Na verdade, ele é o seu maior admirador. O desaparecimento (ou fuga?) de Gabriel fica em segundo plano diante da nova mania da cidade: o pica-pau Lázaro, que todos pensavam estar extinto e que resolveu, aparentemente, ressuscitar por aquelas bandas. Em meio a uma cidade eufórica por causa de um pássaro que talvez nem exista de verdade, Cullen sofre com a falta do irmão e deseja, mais que tudo, que os seus sonhos se tornem realidade. E bem rápido.

Opinião
“Quando tudo volta” se passa em uma típica cidadezinha do interior, chamada Lily, onde nada acontece.
Até que um dia viram um pássaro que parecia o pica-pau Lázaro, que até então todos tinham o conhecimento de que ele estava extinto, e isso trouxe animação e esperança para a pequena cidade.
Ao contrário de todos os outros moradores que estavam felizes com a notícia, Cullen Witter ficava revoltado com a atenção que o pássaro estava recebendo. Para completar sua infelicidade, seu irmão Gabriel desapareceu e a sensação que Cullen tinha era que a cidade estava mais preocupada em avistar o pica-pau Lázaro do que procurar seu irmão.

Além da história de Cullen, temos alguns capítulos falando de Benton Sage, um garoto religioso que decidiu ser missionário mas em sua primeira viagem à Etiópia começou a questionar certos pontos sobre suas crenças.
Assim que comecei a ler, fiquei curiosa para saber onde Benton se encaixava na história. Mais adiante vi que não fazia nenhum sentido o personagem existir e chegando no desfecho do livro… Meu cérebro explodiu!
Uma série de acontecimentos fizeram sentido e as duas histórias completamente distintas se cruzaram de forma totalmente inesperada.

Apesar do desaparecimento de Gabriel, “Quando tudo volta” não é um livro com muitas emoções. A narração gira em torno de Cullen e em como ele se sentiu com toda a situação de Lily se tornando a “cidade do pica-pau” e de seu irmão desaparecido. Se o livro fosse maior seria cansativo mas como é pequeno, esse mistério sobre Gabriel é o suficiente para manter a atenção do leitor.

Talvez o autor tenha focado menos em Gabriel e mais na cidade de Lily e no pássaro para nos mostrar como Cullen se sentia. Se for isso, funcionou! Fiquei irritada com o tal pica-pau tirando todo o foco da história que interessa.

O livro é bom mas o autor poderia ter aproveitado mais do enredo que tinha em mãos. De qualquer forma, John Corey Whaley foi feliz na conexão das duas histórias e deu à narração um final surpreendente.

Nota 6

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 Comments on Resenha – Quando Tudo Volta

  1. Ah, agora sim consegui dar um sentindo ao livro. Parece ser meio, han, estranho. Como um pica-pau pode tirar a atenção de uma cidade, de tudo o que está acontecendo? Até pq se é uma cidadezinha do interior todos conheceriam o irmão do cara, e aí todos ficam olhando o pássaro? rsrs. Enfim, acho que só lendo pra entender, rs.

  2. Olha, gostei da sua resenha, de verdade.
    O personagem se chama Cullen, já to imaginando-o como o Edward (?) Cullen, de Crepusculo. Pela sua resenha (ou eu entendi errado) pareceu que o garoto ficou com uma pouco de inveja da atenção que o pássaro recebeu, até o irmão sumir, que deve ter piorado tudo.
    Adoro livros/filmes que fazem o cérebro explodir em algum momento. Quando Tudo Volta já ganhou minha vontade de leitura com isso.
    Quando tiver alguma oportunidade, lerei.

    http://coupleliterario.blogspot.com/

  3. Quando vi esse livro, pensei: “Ual, deve ser maravilhoso”, agora que li sua resenha, fiquei tipo: “epa, ã, como que é?”, sério que o pássaro tem a atenção da cidade inteira enquanto o garoto que desapareceu não tem? Gente, que lugar é esse? Cidades pequenas geralmente são as que todo mundo sabe de tudo e tenta saber de tudo, pensei que os habitantes iriam querer procurar o garoto e não ficar olhando o pássaro, por mais que ele seja uma espécie que estava em extinção. Enfim, parece ser um livro confuso, daqueles que dá nó no cérebro kkkk Mesmo assim, achei legal, parece ser um tanto doido esse livro, com acontecimentos sem sentido e que não encaixam na história, mas adorei a resenha, tirou todas as minhas dúvidas em relação à esse livro, eu realmente adorei, pois você disse em poucas palavras tudo o que precisamos saber da história.

    Beijos :*

  4. A agora sim talvez eu leia… Mais continuo não gostando dos pesadelos com Zumbis
    Sua resenha ficou legal, mi deixou querendo ler mais ainda sim esta mais para o final da minha listinha *–*
    O livro parece ser legal mais tipo assim o pica pau apareceu e todos viraram devotos a ele, e esquecem de Gabriel??? Foda-se si era uma especie em extinção era di uma vida que si tratava, foi isso que mi deixou meio que mais ou menos querendo ler e descobrir esse mistério para saber o que o pica pau tem a ver -_-

  5. é um livro magnifico, tem um enredo perfeito e super envolvente, gostei da capa e me envolveu muito … linda a resenha parabéns pela super escrita

  6. Eu fiquei indecisa com relação a minha opinião quanto a esse livro,mas de uma coisa eu tenho certeza, eu não vou lê-lo.
    Prefiro livros com emoção e não os do tipo que fritem o cérebro…

  7. Fiquei tão afim de ler esse livro que assim que vi em promoção comprei, não sabia que existia Benton na história mesmo porque quase nada é citado sobre ele na sinopse, deve ser algo extremamente eficiente o que o autor usou para conectar as histórias, não consigo pensar em nada, o pássaro chamando a atenção da cidade e deixando Cullen com raiva, bem como sua busca pelo irmão fizeram eu me interessar por essa trama e ter altas expectativas, vamos ver quando ler…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não é um robo? Prove! * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.