Tag: Crepúsculo

Resenha – A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Título Original: The Short Second Life Of Bree Tanner
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788598078809
Páginas: 190
Amazon

Sinopse
Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de “Crepúsculo”. Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, “Eclipse”, somos apresentados ao lado sombrio da saga. Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen – a última semana de sua existência.

Opinião
Depois de muita enrolação, finalmente li “A breve segunda vida de Bree Tanner”. Eu demorei muito porque:
1° Bree aparece tão rapidamente em “Eclipse” que nem liguei para ela (na verdade… mal lembro dela no livro 🙄 ) e por isso eu não tinha entendido o porque desse livro existir.
2° O fato de já saber como o livro termina não me fez desejá-lo tanto assim.
Mas como eu sou Twi-hard gosto muito da saga Crepúsculo fiquei querendo ler, apenas passei alguns livros na frente…

Fico admirada com a esperteza da Stephenie Meyer por “se aproveitar” de uma personagem aparentemente sem importância, para fazer mais um livro e fico ainda mais pasma que ela consiga fazer ele ser ótimo!

Stephenie consegue deixar o leitor apreensivo e curioso sobre a curta vida vampiresca da Bree. Ela é tão interessante que você até sente uma simpatia pela pobre personagem e tenta pensar positivo, torce para que tudo de certo mas… já sabemos o final dessa história não é mesmo?

Esse livro é um pouco diferente dos outros da saga, pois tem mais violência, menos romance e um final nada feliz, porém a facilidade de leitura, a vontade de comer o livro e não largar até acabar é a mesma.

Nota 9

Resenha – Twilight Graphic Novel

Twilight Graphic Novel vol. 1
Autor: Stephenie Meyer
Ilustrador: Young Kim
Editora: Yen Press
Páginas 224

Sinopse
Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com corpo de atleta, olhos dourados, voz hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Bella está decidida a descobrir seu segredo sombrio…

Em uma belíssima adaptação, o primeiro volume de Crepúsculo: Graphic Novel é item obrigatório na estante de todo colecionador. Primorosamente ilustrado pela artista coreana Young Kim e com a atenta revisão de Stephenie Meyer, o livro possui uma qualidade rara: consegue mostrar a visão que a própria autora tem de sua obra original em um ambiente que, para ela, é inteiramente novo – as imagens.

Opinião
“…o primeiro volume de Crepúsculo: Graphic Novel é item obrigatório na estante de todo colecionador.” Eu não poderia concordar mais!
Creio que todos já conheçam Crepúsculo então não vou comentar sobre a história.
Quando lançaram a versão graphic novel fiquei bem curiosa pois nunca tinha visto um adaptação assim. Infelizmente não é contada a história completa do primeiro livro da saga (o graphic novel acaba na clareira, quando Edward Cullen mostra seu brilho globeleza para Bella) mas é compreensível, é muita coisa para ser contada em imagens e ficaria um livro gigante.

Geralmente em adaptações vemos muita informação sendo cortada mas aqui isso não aconteceu. Até onde foi ilustrado o GN seguiu fielmente a história do livro e, confesso que fiquei impressionada, os desenhos são muito bem feitos e conseguem expressar os sentimentos dos personagens.

Eu como twi-hard fã da saga indico totalmente a versão ilustrada e ainda deixo uma dica para você que tem um inglês meia boca, como o meu, e quer ler algo fácil. Os diálogos são simples, então se você procura algo para começar a ler em inglês indico duplamente Twilight Graphic Novel.

Nota 8

Resenha – Almanaque Crepúsculo

Autor: Nicola Bardola
Título Original: Bestseller mit Biss
ISBN: 9788563066039
Editora: Lua de Papel
Páginas: 250
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Em 2 de junho de 2003, uma jovem dona de casa acorda com um sonho que não consegue tirar da cabeça: um vampiro incrivelmente belo e uma garota, que se apaixona por ele. Este sonho originou um dos casais mais adorados em todo o mundo: a inocente Bella e o enigmático Edward.
Muitas são as histórias que rondam a série Crepúsculo, e, neste almanaque ricamente ilustrado, o leitor será convidado a entrar no mundo de Stephenie Meyer e seus incríveis personagens: como tudo começou? Quais são os segredos da série? Quem é o enigmático Edward Cullen? O amor de Bella e Edward é imortal?
E mais: um dicionário de palavras-chave da saga, um panorama dos vampiros Cullen e entrevistas com vários fãs do mundo inteiro. O almanaque traz ainda o guia al dente da série: tudo o que você precisa saber sobre os filmes, os livros, cenários, carros e músicas que estão presentes no universo da autora e de sua obra. Um livro indispensável para os fãs dessa fantástica história de amor.

Opinião
Eu como fã da saga Crepúsculo, nunca me canso de ler sobre ela.
O livro é maravilhoso, mas não é indicado para quem ainda não leu os quatro volumes, pois o autor desconstrói os personagens e a história, do Crepúsculo ao Amanhecer, para analisá-los.
Gostei muito que o Nicola Bardola tenha ido pesquisar em fóruns a opinião dos fãs sobre vários pontos da saga, como por exemplo, Bella ser ou não antifeminista, o erotismo contido no livro e o que acharam do final da história. A que mais me chamou atenção foi a pesquisa sobre a saga incentivar a leitura. Alguns responderam que não só incentiva a leitura, mas também a escrita. Várias pessoas começaram a escrever fanfictions e acabaram até lançando livro depois. Para mim isso demonstra o valor que a série tem.

Esse almanaque todo fã deveria ler. É bem completo e ainda traz algumas fotos dos filmes Crepúsculo e Lua Nova que são muito bonitas. E quem não é fã também deveria ler, para entender o porque a história faz tanto sucesso, principalmente entre as mulheres.

Nota 8

Resenha – Crepúsculo

Autor: Stephenie Meyer
Título Original: Twilight
ISBN: 9788598078304
Editora: Intrínseca
Páginas: 416
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks – último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen.
Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella – o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo “amor proibido”, alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela.
O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás… Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

Opinião
O primeiro livro da saga Crepúsculo é maravilhoso! Na verdade a saga inteira é ótima, tanto que comecei a reler agora. Lembro que a primeira vez que li foi em e-book e acabei em 2 dias, não conseguia parar de ler jeito nenhum.
A história é contada em primeira pessoa, pela personagem Bella Swan, onde ela exagera na descrição de seu amado vampiro Edward e nos faz pensar que ele é o homem perfeito.
É um lindo romance cheio de clichês e com o senhor Edward Cullen soltando várias frases prontas que normalmente me faria pensar “Ah! Tá bom! Que ridículo ¬¬” mas que por ser realmente sincero me faz suspirar cada vez que ele faz isso.
Atente-se a ênfase na palavra romance, pois acredito que o motivo de muitas pessoas odiarem Crepúsculo, além de uma nova “versão” de vampiros que é apresentada por Stephenie Meyer, é porque elas acham que é uma história de vampiros sanguinários e com muita ação mas não tem nada disso e acabam se decepcionando. Então se for ler tenha em mente que é um romance e se não gosta de histórias de amor melosas melhor nem começar.

Nota 9

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.