Tag: Galera Record

Resenha – Dois Garotos Se Beijando

Livro Dois Garotos Se BeijandoDois Garotos Se Beijando
Título Original: Two Boys Kissing
Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 224
Amazon | Submarino | Americanas | Livraria Cultura | Saraiva | Fnac

Sinopse
Dois Garotos se Beijando – Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.

Opinião
Esse foi o primeiro livro LGBTQ que eu li e gostei muito! No vídeo eu falo mais o porque geralmente não gosto de coisas com esse tema e o porque gostei tanto de “Dois Garotos Se Beijando”.
Se você já leu algum livro com essa temática e gostou, deixe as indicações nos comentários 🙂
Não se esqueça de se inscrever no nosso canal do Youtube.

Nota 7

Resenha – Glee – O Início

GleeGlee – O Início
Título Original: Glee – The Beginning
Autor: Sophia Lowell
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501094414
Páginas: 222
Amazon

Sinopse
Uma oportunidade única para conhecer os bastidores do colégio McKinley – antes mesmo de o New Directions existir aos olhos do Sr. Schuester – e descobrir tudo sobre os principais personagens da série Glee. Quando Rachel viu Finn com outros olhos pela primeira vez? Como Quinn e Puck começaram seu romance secreto? Quando Mercedes começou a confundir os conceitos de “amigo gay” e “namorado”? E como será que o então amador clube do coral sobrevivia sem um líder destemido? Dica: não era exatamente um sucesso. “Glee – O início” é baseado na série de TV da Fox criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan.

Opinião
Está ai um livro que me surpreendeu. Não imaginei que um livro de Glee pudesse ser tão divertido.
Não me entendam mal, eu sou uma Gleek assumida adoro a série mas a verdade seja dita, ela não tem uma história maravilhosa… O que vale muito em Glee são suas ótimas músicas e eu não conseguia imaginar ter algo relacionado ao seriado em que não tivesse música envolvida.
Como o livro “Glee – O Início” foi inspirado na série e não o contrário, não teve aquela sensação de “Ah, mas fulano é totalmente diferente no livro, isso nunca iria acontecer”. Todas as ações descritas dos personagens, eu conseguia imaginar como se tivesse visto na série. Sophia descreve muito bem as expressões, roupas e estilos dos personagens. É totalmente possível, pela sua narração, visualizar o sorriso bobo do Finn Hudson, o jeito convencido e insistente de Rachel Berry com suas meias 3/4, Puck bad boy dando em cima da Cheerio ainda “puritana” Quinn, entre outros.
Senti falta da treinadora Sue Sylvester (que é um ícone!) ela aparece muito pouco no livro mas quando aparece, faz seu trabalho direito, ou seja, fazer o possível para arruinar o Glee Club.

Adorei ver o começo de certas histórias e rolos dos personagens. Um Gleek não pode deixar de ler para entender um pouco mais sobre esse seriado que faz nossa alegria.
Deixo vocês com o mashup de Adele ˜Rumour Has It/Someone Like You˜ cantado pelo Glee!

Nota 6

Resenha – Diários do Vampiro : O Confronto


Autor: L. J. Smith
Título Original: The Vampire Diaries : The Struggle
ISBN: 9788501086167
Editora: Galera Record
Páginas: 224
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Elena está apaixonada e tem certeza de que Stefan é um amor para a eternidade. Mas a cada vez que Damon se aproxima, fica evidente um vínculo profundo entre os dois. Determinado a conquistar Elena, Damon se infiltra no cotidiano de Fell’s Church. Ameaçado pelo irmão, Stefan não suporta a ideia de perder Elena – e está disposto a arriscar tudo e ir contra seus próprios princípios para protegê-la.

Opinião
No segundo livro da série a história começa a ficar um pouco mais interessante. Esse, diferente do primeiro livro, consegue segurar o leitor em algumas partes, tem um pouco mais de ação mas mesmo assim não se compara a série da tv.
Como eu imaginava o personagem Damon faz muita diferença, afinal ele é o vilão e estava muito sem graça sem ele, mas achei estranho que o Stefan apareceu muito pouco, como se fosse um personagem secundário, ele praticamente só serviu para introduzir seu irmão na história.
E para quem começou com o seriado antes do livro como eu, fica impressionado com o final, achei surpreendente e quero saber a continuação. Vou continuar dando chance a série e ler o terceiro livro.

Nota 6

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.