Tag: L&PM

Resenha – Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão

Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão
Autor: Claudia Tajes
Editora: L&PM
ISBN: 9788525426918
Páginas: 144
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Qual a sua fobia? A de Dulce, produtora fotográfica batalhadora, trinta e muitos, são as baratas. Como num pesadelo, numa noite de sábado em que se prepara para mais um encontro com um potencial pretendente, ela se depara, ao sair do banho enrolada na toalha, com uma barata descansando em cima do vestidinho preto básico escolhido para a ocasião. Dando vazão à sua fobia (e a de 99% das mulheres, diga-se), Dulce bate a porta do closet, e tem início uma noite como nenhuma outra. Com a barata do outro lado da porta, e imobilizada pelo medo, essa protagonista humana, demasiado humana, repassa a própria vida. Numa espécie de sessão de terapia sui generis, tem-se um vislumbre das dores e das delícias da vida de solteira nos dias de hoje, das frustrações, expectativas e paixões segundo Dulce, em horas de lamentos e risos que deixam o leitor pedindo mais.
Refletindo sobre a natureza das mulheres, Claudia Tajes investiga nesta inusitada e divertida novela o que aconteceria se a batalha final fosse travada entre mulheres e baratas – reforçando o lado das mulheres com seu refinado humor.

Opinião
Eu, como uma boa mulher corajosa que enfrenta tudo e a todos, tenho apenas um pânico medo que me faz tremer e chorar loucamente… O medo de baratas!
Não sei qual é a desse bicho mas odeio sua falta de plano de voo e como simplesmente aparece do nada nos piores lugares e nas piores horas.

Sendo esse um triste fato da vida, a escritora Claudia Tajes escreveu o livro “Só as Mulheres e as Baratas Sobreviverão” que conta sobre a noite frustrada de Dulce, uma mulher que tinha um encontro marcado mas quando abriu o closet para pegar seu vestido, tinha uma barata bem em cima dele. Resultado: Dulce perde o encontro e passa a noite em claro, com a luz acesa e com medo da barata sair de lá. Ela fica tão maluca que em certo ponto ela começa a bater um papo com a barata. Da para imaginar isso?
É nesse bate papo que o livro fica ainda mais engraçado. Dulce começa a se lembrar dos ex-namorados, de contos que ela já escreveu e começa a se abrir para a barata.

O livro é simplesmente cômico e fiquei pensando se a história é verídica. Aposto que muitas mulheres já perderam compromissos por conta de uma barata 😀

Fiquei curiosa para ler mais livros da autora e vi que foi ela que escreveu “A Vida Sexual da Mulher Feia” e “Louca Por Homem”, dois livros que estão na minha fila há um tempo e que depois de ver a escrita da autora, com certeza fiquei com mais vontade de ler.
Quem quiser conhecer Claudia Tajes, indico começar por esse livro mesmo. Ele é super rápido de ler, umas 3 horinhas são o suficiente para devorá-lo e as risadas são garantidas!

Nota 8

Resenha – A Metamorfose

Autor: Franz Kafka
Título Original: The Metamorphosis 
ISBN: 9788525410467
Editora: L&PM
Páginas: 142
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante – o famoso Gregor Samsa – transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana – tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal.

Opinião
A Metamorfose parece uma história absurda e irreal para quem lê sem analisar, mas é uma clara crítica aos seres excluídos da sociedade e mostra como as pessoas são descartáveis.
O personagem Gregor Samsa sustentava sua família sozinho até que acontece a metamorfose. Acha que ele ficou desesperado por ter se transformado? Não. Ele ficou preocupado com o trabalho de caixeiro-viajante e o que o pessoal da firma iria pensar.
A família se preocupou com Gregor e tentou ajudá-lo? Não. Estavam preocupados que tinham que voltar a trabalhar para conseguirem viver e como se não bastasse tinham vergonha e excluia Gregor como se ele não existisse mais.
Até que chegou o momento que Gregor se conformou com sua situação e ficou só rastejando e esperando o tempo passar.
Viu alguma relação sobre o que acontece de fato com as pessoas? Alienação?
Achei um ótimo livro, pequeno e de fácil leitura, a complexidade está na mensagem que Kafka quis passar. É um livro que muita gente vai ler e pensar “Hã? E ai? É isso?”.
Esse foi o primeiro que li de Kafka e sem dúvida irei ler mais.

Nota 10

Resenha – A Arte da Guerra

Autor: Sun Tzu
Título original: sūn zĭ bīng fǎ
ISBN: 8525410594
Editora: L&PM
Páginas: 147

Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Milenar tratado militar de Sun Tzu, A Arte da Guerra é tão compreensível e atual que se tornou um texto clássico. Acredita-se, inclusive, que o livro tenha sido usado ao longo dos tempos por estrategistas militares como Napoleão, Adolf Hitler e Mao Tse Tung. Hoje, o livro migrou das estantes dos estrategistas para a dos economistas, administradores, políticos, vendedores, empresários e todos aqueles cuja meta é a vitória – em todos os níveis.

Opinião
Fiquei curiosa para descobrir como estratégias de guerra poderia ser aplicada no mundo dos negócios e logo nos primeiros pontos citados já pude ver como isso é possivel. Questões como paciência, trabalho em equipe e análise de riscos são abordadas de forma simples e que fazem sentido para qualquer pessoa que tenha a mínima noção em empreendimento.
Não indico a leitura como passatempo, porque o interessante é absorver o conteúdo, fazer uma comparação entre as dificuldades da guerra e da vida.

Nota 6
This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.