Tag: Lua de Papel

Resenha – Um Coração Cheio de Estrelas

Um Coração Cheio de Estrelas
Título Original: Un corazón lleno de estrellas
Autor: Alex Rovira e Francesc Miralles
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066862
Páginas: 112
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Michel é um garoto órfão que nunca conheceu os pais. Ainda assim, ele é a criança mais feliz do orfanato em que vive. É que Michel tem um segredo: o sorriso de Erin, sua melhor amiga, por quem é apaixonado. Em uma noite fria, Erin dorme e não acorda mais. Os médicos não conseguem diagnosticar o que tomou conta da menina. Ela está em coma. Arrasado, Michel sai vagando pelas ruas procurando ajuda, até encontrar uma estranha e sábia velha que lhe diz o motivo da doença de sua amiga. “A dor que a pôs para dormir é a falta de amor, por ter sido abandonada”. Michel então deve encontrar nove tipos diferentes de amor entre as pessoas, cortar um pedaço em forma de estrelas de suas roupas.

Opinião
“Um Coração Cheio de Estrelas” é uma pequena fábula, que se passa em Selonsville no ano de 1946, sobre o poder dos diversos tipos de amor.
Para curar sua amiga Erin, Michel segue o conselho de uma velha sábia que disse que o garoto deveria encontrar nove tipos diferentes de amor e cortar um pedaço em formato de estrela da roupa da pessoa que ele encontrar esse amor.
O objetivo de capturar essas estrelas, é costurar um coração cheio dessas estrelas para dar de presente para Erin. Esse coração teria o poder de curar sua doença.

Michel como gostava muito de Erin, não demorou em procurar os tipos de amor e a cada amor encontrado, Michel aprendia uma lição sobre ele.

O Segredo do Amor Romântico
“Se não se apaixonar pela vida.
A vida não se apaixonará por você.”

O livro é bem pequeno e apesar de parecer infantil, ele é feito para todas as idades. Impossível não se emocionar com a fé de Michel e com as histórias de amor contadas pelas pessoas que tiveram suas roupas cortadas.
Nas últimas páginas tem algumas frases de personalidades famosas, sobre os tipos de amor descritos no livro.

“Viver é a coisa mais rara desse mundo,
pois a maioria das pessoas não faz mais do que existir. ”
Oscar Wilde

Nota 6

Resenha – Adoro Problemas

Adoro Problemas
Título Original: Here Comes Trouble
Autor: Michael Moore
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066787
Páginas: 352
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Os fãs de Michael Moore que se preparem para a surpresa: uma deliciosa autobiografia, composta por 24 crônicas ou esquetes. Podem tranquilizar-se, todavia. Ele nada perdeu da potência de fogo, e continua indignado. Mestre em desobediência civil, os atuais indignados mundo afora sabem que contam com ele em suas fileiras.Este livro mostra os episódios cruciais de seu percurso desde a infância. Tudo é relevante, sobressaindo o relato da histeria coletiva quando este pioneiro denunciou a invasão do Iraque e o conluio da Casa Branca: ameaça de morte na televisão, planos de plantar bombas em sua casa, insultos e ataques físicos pessoais. É bom lembrar hoje quando a unanimidade se instalou e todos reconhecem os culpados, o quanto tais pioneiros arriscaram. Não percam os outros atos de protesto de que, sempre à sua maneira despretensiosa e cheia de humor, o autor participou. Elas mostram claramente, a cada passo, que estava sendo plasmado um grande dissidente.

Opinião
Eu já tinha ouvido falar muito mal do Michael Moore mas nunca soube ao certo o por que do cara ser tão odiado. A única coisa que eu sabia era que ele é um diretor de cinema e seus documentários são polêmicos porém nunca soube nem quais eram esses documentários.
Lendo “Adoro Problemas” vi que tinha alguns filmes dele que há muito tempo queria assistir como, por exemplo, Fahrenheit 9/11 (sobre os ataques de 11 de setembro) e Tiros em Columbine (sobre diversos assuntos abordando a violência e os EUA).

Adorei conhecer mais sobre o Michael Moore. Ele passou por muitas situações estranhas em sua vida e desde criança já mostrava um comportamento de não aceitação com a corrupção que estava a sua volta.

O livro não tem uma história linear, Michael vai e volta no tempo. Uma hora está falando de seus filmes, como ganhou o Oscar e logo depois vai para uma lembrança de sua infância e adolescência. Na maior parte, a história é boa, com muito humor e sarcasmo mas em algumas de suas lembranças antigas, o livro fica um pouco arrastado, o que é compreensível por ser uma autobiografia (não sou muito fã delas).

Nota 7

Resenha – A Promessa

A Promessa
Título Original:Promise Me
Autor: Richard Paul Evans
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066695
Páginas: 288
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Beth Cardall tem um segredo. Durante dezoito anos, ela não teve escolha senão guardá-lo para si, mas, na véspera do Natal de 2008, tudo isso está prestes a mudar. Para Beth, 1989 foi um ano marcado pela tragédia. Sua vida estava desmoronando: sua filha de seis anos, Charlotte, sofria de uma doença misteriosa; seu casamento transformou-se de uma relação aparentemente feliz e carinhosa em algo repleto de traição e sofrimento; seu trabalho estava por um fio e ela perdera totalmente a capacidade para confiar, ter esperanças e acreditar em si mesma. Até que, um dia extremamente frio, após atravessar uma nevasca até a loja de conveniência mais próxima, Beth encontra Matthew, um homem misterioso e encantador, que mudaria de uma só vez o curso de sua vida. Quem é esse homem, e como ele parece conhecê-la tão bem? Matthew a persegue incansavelmente, mas somente após se apaixonar perdidamente é que descobre seu incrível segredo, transformando sua forma de ver o mundo, assim como seu próprio destino nessa história de tirar o fôlego sobre como o amor é capaz de mudar todas as nossas perspectivas.

Opinião
Não sei porque mas quando olhei para a capa dele imaginei que era algo ao estilo de Nickolas Sparks, então estava esperando um lindo romance com um final absurdamente triste. Bom, não errei totalmente.

No começo mostra a família de Beth Cardall como a família perfeita, depois Beth descobre que seu marido não era quem ela pensava e sua vida feliz passa a ser cheia de tristeza, mágoa e revolta. Ok, apenas cheia de tristeza e mágoa, quem ficou revoltada fui eu :P.
A razão da minha revolta é toda a infelicidade que Beth teve de passar por conta de seu marido. Da vontade de entrar no livro e bater no cara! Mas toda a revolta desaparece quando Matthew aparece.
Matthew é um cara misterioso que tem conhecimentos sobre coisas que parecem ser impossíveis de saber. Por conta disso você entra mais ainda na história, fazendo várias suposições e criando teorias de como pode existir um cara assim. Ele é estranhamente perfeito.

No fim do livro eu fiquei pasma. “A Promessa” não é apenas um belo romance mas tem um toque surreal encantador que eu não esperava. Então se for lê-lo (o que é muito recomendado) se prepare para o mix de emoções e acabar o livro maravilhado.

Nota 7

Resenha – Inovação – A Arte de Steve Jobs

Inovaçao – A Arte de Steve Jobs
Título Original: The Innovation Secrets Of Steve Jobs
Autor: Carmine Gallo
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066565
Páginas: 237
Amazon

Sinopse
No que diz respeito à inovação, Steve Jobs, presidente da Apple, é lendário. O slogan de sua empresa, “Pense diferente”, é mais do que uma ferramenta de marketing. É um estilo de vida, uma abordagem poderosa, positiva e transformadora que pode ser aplicada por todas as pessoas em qualquer área de atuação. Neste livro, Carmine Gallo sistematiza a abordagem de inovação contínua da Apple, com os sete princípios orientadores de Steve Jobs.

Opinião
Carmine Gallo não poderia ter escolhido pessoa melhor para relacionar com inovação do que Steve Jobs. Quem não é do mundo da tecnologia pode não saber mas se não fosse ele, os computadores, os tablets e os celulares não seriam do jeito que é hoje.
O livro mostra vários principios que levam Steve Jobs a fazer o seu trabalho da melhor forma possível e como a Apple conseguiu ser a marca mais valiosa do mundo graças ao seu “think different”.

A introdução desse livro já é inspiradora e um tapa na cara ao mesmo tempo. Ele começa falando que nós somos ensinados a sermos empreegados e não empreendedores. Depois mostra como estamos sujeitos a fazer “qualquer coisa” para o resto de nossas vidas.

A primeira lição (que é a mais importante pois é enfatizada durante todas as outras) é: faça o que você gosta. Parece óbvio né? Mas muita gente não faz isso, seja por necessidade ou por nunca ter parado para pensar sobre o que realmente gosta de fazer.

“Tenha coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles, de alguma forma, já sabem o que você realmente quer”

Steve Jobs

Para demonstrar cada dica, o autor conta uma parte da vida de Steve Jobs e de outra pessoa bem sucedida que aplicou essa lição em outra área de negócio. Muitas lições também mostram as falhas de outras empresas (tem cada uma que da até vergonha…).

Esse é mais um ótimo livro de desenvolvimento profissional da Lua de Papel que, como diz a capa (não é propaganda enganosa), promove sucesso em qualquer área. Afinal, foco no cliente é tudo! Se você sabe o que o cliente quer (de preferência antes dele perceber), não tem erro!

Deixo vocês com um ótimo comercial da Apple. Think Different

Nota 9

Resenha – O Pão da Amizade

O Pão da Amizade
Título Original: Friendship Bread Kitchen
Autor: Darien Gee
Editora: Lua de Papel
ISBN: 9788563066626
Páginas: 392
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Júlia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simples bilhete “espero que você goste”. Junto, há um pacote de farinha, instruções de como fazer o pão e um pedido para que ele seja compartilhado com outras pessoas. Ainda abalada pela tragédia que a distanciou da irmã, antes sua melhor amiga, Júlia continua perdida quanto aos rumos de sua vida. Ela jogaria fora o presente anônimo mas, para alegrar Gracie, concorda em assar o pão. Quando Júlia conhece duas recém-chegadas a pequena cidade de Avalon, Illinois, ela desencadeia uma ligação ao oferecer a elas uma parte da massa. A viúva Madeline Davis está trabalhando para manter aberto o seu salão de chá, enquanto a famosa violoncelista Hannah Wang de Brisay esta numa encruzilhada, com o fim da carreira e o do casamento. Na cozinha do salão de chá de Madeline, as três mulheres firmam uma amizade que mudará suas vidas para sempre. Nao demora para que todos em Avalon estejam assando o pão em suas cozinhas. Mas este momento feliz e as novas amizades também apresentam um novo desafio: a necessidade de reencontrar a irmã e lidar com uma situação que ela preferia esquecer. O pão da amizade conta uma história espiritual e comovente sobre vida, amizade, dores e dificuldades, comida e família, mas tambem sobre a necessidade de mantermos acesa a esperança.

Opinião
Utilizando-se de uma escrita fácil de acompanhar, uma história gostosa e personagens incrivelmente comuns, Darien Gee me surpreendeu com “O pão da amizade”.
Gosto quando os autores apresentam personagens “reais” com uma vida comum e que tem problemas que podem atingir qualquer pessoa, isso faz com que nós leitores criemos certo vinculo com eles e trazemos várias lições que eles aprendem para nossa realidade.

A história é um reflexo do dia-a-dia de uma pequena cidade onde todos os moradores se conhecem. Aparentemente não é nada fantástico, mas o seu conteúdo é realmente inspirador.
Para mim ficou claro que o personagem principal do livro é o próprio pão da amizade. Ele é o que há de comum nas várias histórias descritas. Ele é o responsável pela união dos personagens com seus familiares e vizinhos.

Como o livro é escrito em terceira pessoa, da aquela impressão de que você está ali, na cidadezinha de Avalon, convivendo com os personagens e os observando, querendo saber mais das dificuldades deles para poder ajudá-los.
Darien Gee consegue passar, claramente, os sentimentos de seus personagens para o leitor. Com certeza quem ler vai sorrir, chorar e se emocionar muito, principalmente com Julia, Hannah e Madeline.

Um ponto negativo foi focar muito na personagem Julia no começo até o meio do livro e depois (quando a vida dela começa a melhorar) a personagem fica um pouco de lado. Gostaria que a autora tivesse descrito melhor o caminho que Julia percorreu para melhorar seus relacionamentos.
E um ponto muito positivo do livro é ter a receita do pão no final! É gordice, eu sei, mas os personagens falam tanto sobre o quanto ele é delicioso e como seu cheiro é maravilhoso, que com certeza tentarei fazer o pão!

Nota 8

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.