Tag: Quadrinhos

Resenha – 10 Anos Com Mafalda

capa 10 anos com Mafalda10 Anos Com Mafalda
Título Original: 10 Años Con Mafalda
Autor: Quino
Páginas: 190
Onde comprar: Submarino | Americanas | Amazon | Saraiva | Livraria Cultura

Sinopse
Este álbum reproduz, organizadas por tema, as tiras desenhadas por Quino durante os dez anos em que produziu a Mafalda.
O álbum reúne em 13 temas todas as histórias da Mafalda, para deleite dos fãs e futuros fãs.

Opinião
Eu sempre gostei das tirinhas da Mafalda que via por ai mas nunca tinha pego um livro dela para ler. A única coisa que eu sabia era que a Mafalda é super politizada e nem parece ser uma criança por conta de seus conhecimentos e preocupações sociopolíticas e, quando vi esse livro, achei que poderia ser a hora de conhecer melhor a Mafalda e sua turma.

Foto livro 10 anos com Mafalda

O legal desse livro para pessoas “leigas em Mafalda” é que nós podemos conhecer claramente a personalidade de cada personagem como seu amigo vendedor e marketeiro Manolito, o bonzinho e procrastinador Felipe, a pequena e sincera Liberdade, entre outros.

O livro é divididos por temas como “A escola”, “Assim vai o mundo” e “Família” mas também tem os capítulos reservados para cada amigo da Mafalda onde eles se tornam os personagens principais.
Os que mais gostei são os da parte da família pois mostra seu pai se derretendo quando a Mafalda lhe faz um elogio mas também fica enlouquecido com suas perguntas difíceis de responder para uma criança. Fora as críticas à vida de sua mãe, dona de casa, onde a Mafalda sempre fala que ela não tem uma vida de fato.

Como são tirinhas, a leitura é bem rápida e leve. É possível acabar sua leitura em 1 dia mas eu demorei 3 porque não queria que ele acabasse tão rápido 😀

Quem gosta de Mafalda, não pode deixar de ter esse livro!

Nota 8

Resenha – Maus

Maus
Título Original: Maus
Autor: Art Spiegelman
Editora: Quadrinhos na Cia
Páginas: 296
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Maus (“rato”, em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro é considerado um clássico contemporâneo das histórias em quadrinhos. Foi publicado em duas partes, a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, Maus ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura. Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto.

Opinião
Estava querendo diversificar minhas leitura e um amigo me indicou essa HQ. Ele falou tão bem que duvidei que fosse tão bom, não gosto de criar expectativas porque geralmente nunca é o que espero.
Mas “Maus” é foda pra caralho realmente muito bom!

Como diz a sinopse, o autor do livro Artie Spiegelman conta a história de seu pai, Vladek, durante a segunda guerra mundial. Seu pai é um judeu polonês que teve que fugir e se esconder dos nazistas mas que, por fim, foi pego e mandado para um campo de concentração.

O quadrinho tem uma abordagem diferente pois não fica apenas na história de Vladek. Artie mostra o processo de reunir os relatos do pai, contando inclusive com interrupções na conversa. Exemplo: Um quadrinho mostrando a vida de Vladek no passado, no quadrinho seguinte é ele contando a história para Artie tirando suas dúvidas ou saindo da história e fazendo algum comentário sobre o que estava acontecendo no momento. Parece que o leitor faz parte desse bate-papo entre pai e filho.

Achei interessante como Artie mostrou seu pai com todos os defeitos, sem tentar pintar uma imagem de homem perfeito que sobreviveu a guerra.
Vladek é mostrado como o típico judeu caricato que sempre tenta lucrar não importa a situação, sendo extremamente mesquinho e que apesar de todo o sofrimento que passou por conta do antissemitismo, ele era preconceituoso com negros.

Sobre a história no período da guerra, é sempre incrível saber a versão de quem viveu nessa época e que ficou no pior lado, passou por tudo e sobreviveu. Apesar de ser quadrinho e as pessoas serem retratadas como animais, a história não deixa de ser tocante e em alguns casos até ajuda a entender as relações entre os povos.
Outro ponto que a personificação de animais ajuda é, como por exemplo, quando Vladek está na Polonia fingindo que não é judeu. Ele é desenhado usando uma mascara de porco para se misturar com os poloneses.

Essa versão do quadrinho que tem 296 páginas é a versão completa, ou seja, contém as duas partes lançadas em 1986 e 1991. O livro já ganhou o prêmio Pulitzer em uma categoria especial e com certeza indico para qualquer pessoa, gostando de quadrinhos ou não.

Por ser um ótimo entretenimento, bem escrito, bem desenhado (os animais são muito expressivos), por ter um valor histórico e definitivamente prender a atenção do leitor, a HQ vai levar a nota máxima.

Nota 10

Leitura para as crianças

Olá nerds leitores!
Hoje é dia das crianças e resolvi fazer um post especial.

Creio que muitos, assim como eu, se dependesse da escola não iria gostar de ler. Então vou mostrar algumas leituras que poderá ajudar as crianças a tomar gosto pela leitura.

Gibi, HQ e Mangá

Acredito que seja um bom começo. Como tem poucas palavras e muitas imagens isso auxilia a imaginação da criança.

Para os mais novinhos Turma da Mônica é um ótimo começo. Tem histórias leves e a linguagem é bem clara e de fácil compreensão. Já os mais velhos que gostam de mais ação, HQ’s de super heróis ( Homem Aranha, Batman) costumam agradar mais.

E eu super indico os mangás! Quem conhece sabe que tem mangás de todos os tipos.

Ler de trás para frente (da direita para esquerda) pode parecer estranho no começo mas depois você se acostuma :P. E com a quantidade de animes que passam na TV isso é um bom estímulo para as crianças saberem mais sobre a história. Eu indico sem medo Naruto e Death Note.


Livros

Os primeiros livros tem que ter uma história bem envolvente e mistério para deixar a criança bem curiosa. Muitas se assustam com o tamanho dos livros então tendo essas 2 características já a impedem de abandoná-los pela metade.

Minha indicação óbvia é Harry Potter e Percy Jackson e os Olimpianos.


E você? O que indica para os novos leitores?

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.