Tag: Sobrenatural

Resenha – Romeu Imortal

Romeu Imortal
Título Original: Romeo Redeemed
Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630052
Páginas: 320
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.

Opinião
CONTÉM SPOILER PARA QUEM NÃO LEU O PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE JULIETA IMORTAL

Após o trágico fim do livro Julieta Imortal, Romeu está de volta para pagar todos os pecados cometidos como Mercenário. Ele foi amaldiçoado e habita o corpo de uma criatura grotesca mas a Embaixadora de Julieta resolve lhe dar uma chance de redenção e o manda para um universo paralelo onde Ariel está viva.
A missão de Romeu é fazer Ariel se apaixonar por ele, senão ela poderá ser corrompida pelos Mercenários assim como ele foi quando enganou Julieta.

[…] mas se eu pudesse ver minha própria aura sei que não estaria irradiando o rosa do amor verdadeiro. Sou uma criatura amaldiçoada ao limbo, não sou da luz nem das trevas, e minha alma está maculada demais para que algum dia sinta algo inocente ou verdadeiro.
– Romeu

Ariel tem sérios problemas de autoestima e é extremamente desconfiada e Romeu, apesar de dominar a arte da sedução, viu que para conquistar Ariel não seria tão fácil, principalmente pelo fato dele estar usando o corpo de um garoto que apostou com os amigos que tiraria a virgindade da “aberração”.

Estou tão acostumada a esperar pelo pior que é quase impossível relaxar e acreditar. A esperança é perigosa, um buraco na armadura da minha alma. Posso sentir a vulnerabilidade ganhar espaço, causando dor, implorando para me fechar antes que seja tarde demais
– Ariel

Romeu Imortal é ainda mais cativante que o primeiro livro. Os personagens estão mais complexos, passando por situações mais difíceis e, como podem perceber, esse livro vai além do sobrenatural.
Quem leu o Julieta Imortal e for ler Romeu Imortal se prepare para ter mais aventura, mais batalhas entre o bem e o mal e muito mais romance.

Nota 7

Resenha – O Desejo de Lilith

O Desejo de Lilith
Autor: Ademir Pascale
Editora: Draco
ISBN: 9788562942044
Páginas: 136
Amazon

Sinopse
Um descuido dos tradutores da Bíblia revelou o pior dentre todos os demônios. Um velho e decadente detetive de polícia investiga um macabro suicídio, mas o que ele não sabia era que sua vida estava por um fio e seria envolvido em uma conspiração contra toda a humanidade. Uma palavra-chave, transliteração de uma palavra hebraica repetida em 63 trechos da bíblia, dará início à mais sombria das investigações. Uma organização secreta milenar abriga incríveis segredos e bizarras e inimagináveis personagens. Afinal, o que teria em comum Platão, Vlad Tepes, Erzsébet Báthory, John Milton, Thomas Chatterton, Mary Shelley, Percy B. Shelley, Robert L. Stevenson, Aleister Crowley e Jim Morrison? Descubra em O Desejo de Lilith, um romance sobrenatural vivenciado nas principais avenidas e ruas de São Paulo, repleto de segredos, revelações, aventuras e muito rock n’ roll. Mas atenção, seja forte e esteja preparado ao ler estas páginas, pois você não confiará mais em seu vizinho ou qualquer outro transeunte que cruzar o seu caminho. Você nunca mais enxergará o mundo como antes…
Afinal, qual seria o desejo de Lilith?

Opinião
O Desejo de Lilith tem a estrutura de um diário e o seu dono, Rafael Monte Cerquillo (ex-detetive de polícia), conta sobre uma investigação de um suícidio sombrio onde o suicida estava perturbado, ou melhor, estava possuído por um demônio milenar.
Em sua investigação Rafael descobre que Caim (aquele que matou Abel) está possuindo as pessoas desde o início dos tempos a mando de sua mãe Lilith (ela é a suposta primeira mulher de Adão que o traiu e fez um filho com um demônio e assim nasceu Caim). Lilith deseja a destruição da raça humana mas está presa no inferno, então usa seu filho, que tem a liberdade de transitar entre os dois mundos, para possuir pessoas influentes como Robert L. Stevenson, Aleister Crowley e Jim Morrison com o intuito de multiplicar o mal.

A história demorou um pouco para desenrolar mas quando isso aconteceu ficou mais envolvente e atiçou minha curiosidade. Mas alguns acontecimentos me fizeram desanimar. Certas passagens não tinham sentido estar no livro, não tinham propósito algum e achei que o autor se perdeu um pouco. Mas gostei do modo que ele usou certos acontecimentos mundiais (como o desastre de Kobe) para mostrar o poder de Caim e a curiosidade de saber qual vai ser a próxima ação dele prende o leitor. No fim, creio que valha a pena a leitura, apenas não espere um final surpreendente e feche seus olhos para certas passagens absurdas.

Nota 7

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.