Tag: Suspense

Resenha – Príncipe da Noite

Príncipe da Noite
Autor: Germano Pereira
Editora: Novas Páginas
ISBN: 9788581633428
Páginas: 368
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Toda manhã, o psicanalista Gabriel se surpreende ao acordar: sempre encontra uma mulher diferente dormindo ao seu lado. Ele nunca se lembra do seu nome, nem da maneira como a conheceu. A única coisa que resta de suas aventuras noturnas é um lapso de memória. Mas esta noite tudo se repetirá: quando cruzar com uma bela mulher, na noite seguinte, perderá o controle de quem é, porque o seu outro “eu” é capaz de tudo para satisfazer seus desejos mais primitivos. Mantendo esse segredo somente para si, Gabriel leva uma vida aparentemente normal na grande Londres, ouvindo diariamente os problemas de seus pacientes, enquanto tenta fugir das loucuras de sua ex-namorada. Mas nada é verdadeiramente normal para um homem que pode ser controlado pelo Príncipe da Noite…

Opinião
Pelo título do livro pensei que se tratava de uma história de um serial killer, o que não deixa de ser mas… O Príncipe da noite é muito mais que isso. Ele é um serial killer do sexo! Sim, é assim que o próprio personagem se denomina. Mas como assim um serial killer do sexo? Bem… vamos lá.

O livro é sobre o psicanalista Gabriel, um homem tímido e reservado que constantemente perde o controle de seu corpo e sua mente, como se tivesse possuído. Quando isso acontece ele, na maioria das vezes, acorda ao lado de uma mulher desconhecida e não se lembra como chegou até lá (muito conveniente diga-se de passagem 😀 ).
Por conta desse distúrbio, Gabriel é incapaz de manter um relacionamento. E como se os apagões não bastassem, Gabriel começa a ver sapatos ensanguentados em seu apartamento e descobre que há um serial killer solto pela cidade. Gabriel começa a questionar se ele, ou sua outra personalidade (o tal “Príncipe da Noite”), é o possível assassino.

A luta do personagem durante o livro para tentar manter o controle sob seu corpo é angustiante. E não saber o que está acontecendo com Gabriel é tão instigante para o leitor quanto para o personagem.

O modo como o autor escreveu, deixou tudo envolvido em um grande mistério e no fim do livro várias perguntas ficaram no ar. Não sei se terá uma continuação ou se o resto da história fica por conta do leitor mas adoraria saber mais sobre o futuro de Gabriel e como ele vai conseguir lidar com sua dupla personalidade.
Estou adorando o selo Novas Páginas da editora Novo Conceito. Sempre nos apresentando novos autores nacionais que realmente valem a pena serem lidos!

Nota 7

Resenha – Tudo o Que Ela Sempre Quis

Tudo o Que Ela Sempre Quis
Título Original: All She Ever Wanted
Autor: Barbara Freethy
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630205
Páginas: 304
Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Dez anos atrás, em uma festa louca, a linda e estonteante Emily caminhava para sua morte, deixando seus três melhores amigos e suas “irmãs” — Natalie, Laura e Madison — devastados. Nenhum deles esquecera aquela noite — ou o papel que cada um teve na morte de Emily, a culpa que os persegue e a perda que ainda sofrem.

Agora, um escritor desconhecido entra na lista dos livros mais vendidos com um romance similar à história deles. Quem é ele? Como ele sabe os detalhes íntimos de suas vidas? E por que ele está acusando um deles como assassino? Quando eles começam a desvendar a verdade sobre a amiga em comum, irão redescobrir um amor que ela perdeu há muito tempo e descobrir segredos que vão mudar sua vida para sempre…

Opinião
Esse livro me deixou pasma!
Já faz um tempo que eu tinha recebido ele da editora Novo Conceito (leituras atrasadas, sorry!) e para escolher o livro que eu iria ler na semana, peguei ele “no escuro”, não li a sinopse e não me lembrava do que se tratava. Julgando o livro pela capa, estava esperando um romance simples e por isso me espantei com todo mistério contido na história.

Imagine a seguinte situação: você ter lutado durante toda a sua vida para ser uma médica de sucesso e você descobre que escreveram um livro sobre sua época de faculdade, onde te colocam como culpada do assassinato de sua melhor amiga. Horrível não? Isso é o que aconteceu com Natalie. Ela foi acusada de ser a assassina de sua melhor amiga Emily e toda sua luta pela carreira seria em vão.
A história gira em torno da busca pelo autor do livro. Quem é ele? Como ele sabe de histórias que somente as amigas Natalie, Emily, Laura e Madison sabiam? E qual o interesse dele em colocar a culpa em Natalie?

O livro é muito enigmárico, instigante e por isso, impossível parar de ler. São muitas perguntas e muitos suspeitos. Cada hora aparecia um personagem novo que parecia ter um motivo para matar Emily. Adoro essas leituras em que você tenta descobrir o culpado, me sinto A detetive :D.
Então se quiser se entreter durante umas horinhas, e mergulhar num crime misterioso e um pouco de romance, leia Tudo o que ela sempre quis. É simplesmente maravilhoso!

Nota 9

Resenha – O Mapa dos Ossos

Autor: James Rollins

Título Original: Map of Bones
ISBN: 8500017732
Editora: Ediouro
Páginas: 496
Amazon

Sinopse
Um grupo de mercenários disfarçados de monges rouba ossos dos Reis Magos e extermina fiéis com hóstias envenenadas. Ao seguir a única pista deixada pelos assassinos – o símbolo de dragão na roupa do líder -, a equipe de Gray Pierce se depara com um segredo sagrado há muito perdido e que colocará as chaves do mundo na mão do seu descobridor. É impossível largar esse romance enquanto não terminar a corrida contra o tempo para salvar o planeta de uma fraternidade tão antiga e secreta quanto mortal. 

Opinião
É impossível não comparar o estilo de James Rollins com o de Dan Brown. Uma mistura de história, mistério, sociedades secretas e religião que desperta nossa curiosidade e passa muita informação ao leitor.
A história tem muita ação, às vezes é até exagerada, onde os personagens conseguem se safar de enrascadas absurdas de um jeito mais absurdo ainda.
Adorei o jeito que o James Rollins misturou a ficção com a realidade, que muitas vezes parecia ficção também, como colete de proteção líquida e sobre os metais no estado m,  isso mostra que o autor pesquisou muito antes de escrever essa narrativa fascinante.
No final do livro tem a nota do autor, onde ele separa alguns fatos da ficção, e o que eu achei muito interessante é que ele indica alguns livros sobre os assuntos abordados para quem deseja obter mais detalhes. 

Nota  8

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.