Wikileaks – A Guerra de Julian Assange Contra os Segredos de Estado
Título Original: Wikileaks – Inside Julian Assange’s War on Secrecy
Autor: David Leigh & Luke Harding
Editora: Verus
ISBN: 9788576861263
Páginas: 328

Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse
Com direitos já vendidos para oito países, ‘WikiLeaks: a guerra de Julian Assange contra os segredos de Estado’ é o primeiro relato detalhado sobre o fenômeno WikiLeaks. Do lançamento do site, em 2006, até os mais recentes acontecimentos neste drama que define uma era, o livro conta a verdadeira história por trás das manchetes, em um registro cativante e revelador que traz o leitor até o momento presente. Os autores, jornalistas do The Guardian liderados por David Leigh, editor investigativo, e Luke Harding, correspondente em Moscou, estiveram no centro da cobertura do maior vazamento de informações secretas da história. Trabalhando com o correspondente do Guardian em Nova York, EdPilkington, eles tiveram acesso sem precedentes aos personagens principais dessa história, de diplomatas e políticos ao ex-porta-voz do WikiLeaks,Daniel Domscheit-Berg, e o próprio Julian Assange. Em WikiLeaks: a guerra de Julian Assange contra os segredos de Estado, os jornalistas destrincham o fenômeno WikiLeaks e exploram as muitas peças de um quebra-cabeça que continua a dominar as manchetes mundiais. Eles examinam a cultura da internet que tornou possível a revelação de informações sigilosas e os hackers fanáticos que formaram a base do WikiLeaks. Exploram os eventos secretos que o site divulgou, da revelação de execuções de civis no Quênia em 2008 à avalanche de telegramas diplomáticos dos Estados Unidos em 2010. Os autores ainda analisam as implicações das mais recentes revelações do WikiLeaks e desvelam a natureza estranha e contraditória de Julian Assange – um homem elogiado pela Anistia Internacional em 2009, mas que, menos de um ano depois, seria acusado pela polícia sueca de crimes sexuais. Até agora, a história do WikiLeaks foi revelada de maneira fragmentada. O livro ‘WikiLeaks: a guerra de Julian Assange contra os segredos de Estado’ apresenta o quadro completo.

Opinião
O livro “Wikileaks A guerra de Julian Assange contra os segredos de estado” foi escrito por dois jornalistas do tradicional jornal inglês The Guardian, ou seja, tem uma base mais jornalística. Eles fizeram uma biografia de Julian Assange, indo desde de sua infância até ser preso pela acusação de estupro.

No começo do livro Assange é pintado como um freak que mal dorme, não consegue ficar num lugar só e usa roupas de mulher para se disfarçar dos possíveis “perseguidores” que querem o prender, mas no decorrer da história essa imagem é um suavizada, principalmente quando lemos sobre a infância de Julian e entendemos pelo menos o motivo dele ser tão nômade.

Saindo um pouco da vida de Julian, os autores abordam como o vazamento do Wikileaks começou, nisso eles discorrem um pouco sobre a vida de Bradley Manning, o oficial do exército que, por falta de segurança da rede, teve acessos a documentos oficiais e os gravou em um CD. Como ele achou coisas absurdas indo contra os direitos humanos, quis divulgar para o mundo. Assim conheceu Julian e o resto da história (sem detalhes) você já deve conhecer, vários documentos secretos contendo o que há de mais podre sobre os governantes dos mais diversos países.

Quem quiser saber mais detalhes do vazamento o livro é super indicado. Garanto que não vão se arrepender, principalmente quem gosta de investigação e espionagem. Vale muito a pena ser lido para ver quanta besteira os governantes estão fazendo por ai. Detalhe: Os relatórios secretos citados no decorrer do livro, estão em anexo no final dele.

Nota 8